quinta-feira, 27 de setembro de 2012

2

Gol de tabela? Não, bateu na trave!

É final da copa do mundo. Brasil  x Argentina. O juíz determina: 3 minutos de prorrogação!
As torcidas piram! Caramba! O brasil só precisa de 1 gol para ser campeão mundial. Só um golzinho poxa! Neymar chuta para o Ganço que chuta para o Neymar, que dá uma bicicleta de lateral para o Ganço e eu só sei o nome desses dois jogadores, e bora parar de frescura, que chuta para alguém que chuta para o GoLLLLLLLL - não! A bola bate na traveeeeeeeeee!!! Na traveeeeee!!!
E o juíz apita!!! Fim de jogo. A partida será decidida nos penaltis.

Imagina a adrelina sentida neste momento por todos nós brasileiros? A ansiedade?
Bem, foi mais ou menos esta sensação que eu estava sentindo nos últimos 3 dias.

***



Meu ciclo menstrual sempre me pareceu muito certinho, vez por outra eu lembrava de marcar no calendário. Que tal começar a fazer a famosa tabelinha? Que tal saber os dias ideais para um tchê tcherere tchê tchê bacanex e os dias que precisam daquele cuidado extralátex? Vai no google, pesquisa, aprende, e voalá! Mês a mês teu ciclo está lá, todo lindinho, desenhadinho, super controlado, praticamente uma tabela periódica das aulas de quimíca de tão bem feito.

Daí que você tá preparada para receber a visita mensal da "amiga" e ela simplesmente não vem?
Como assim Bial? Quedê ela?  Perdeu-se no meio do caminho? O GPS quebrou?

Um minuto de reflexão.

Será que? Será que tô? Tô grávida? eu? Nannn, nemmm, se as duas escapadinhas foram nos dias permitidos! Pode não, creio não... hum... será?

***

E assim passa o dia 23 e NADA. Tudo bem, amanhã a amiga chega!

E lá vem o dia 24 e você tá calma, tranquila, pois isso é normal acontecer... o dia acaba e ela NADA.

E lá vem o dia 25 e você já não tá tão calma, porém nem tão afobada, só tá imaginando quando vai começar a comprar as coisinhas pro chá de bebê - RÁ!
Passa na farmácia, compra o teste de gravidez, afinal de contas, é tão baratinho neah?

E lá vem o dia 26, o relógio desperta as 7h, você porém desperta as 5h e está a 2h na cama sem coragem de levantar, de enfrentar o tal teste. Será uma ou duas tirinhas? Marido olha pra você, pergunta se já fez o teste e você diz que tá sem coragem, ele começa a rir da sua cara, e instantaneamente aquilo te impulsiona a ir de vez.

NEGATIVO.          Ufa!             Ufa?                Ufa. ¬¬

Testes de farmácia mentem. Testes de farmácia nem são tão confiáveis assim. Vamos aguardar!

Passa a manhã, chega a tarde. Suas idas ao banheiro se tornam constantes. Vamos conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferir, conferiu! 
A "amiga" olha pra você e diz: - Nhé nhé! pegadinha do malando! E é neste momento que de amiga sua menstruação vira monstra.

PQP sistema endócrino!!! Quer me matar de susto? Brincadeirinha de mal gosto essa vum? Agora me explique o porquê dessa descontrolada tosca de 3 dias? Tosca simmmmm seu sisteminha duma figa! Você me engana com 3 ciclos perfeitos e sincronizados e me apronta uma dessas oras! 

Passado o MEGA drama é hora de dar uma de malandra com o marido que te liga e você não conta nada. Vamos ver como ele reage.

- Oi baby, e aí alguma coisa?
- Nada.
- Hum, ok. Você vem ver como tá ficando o apê mais tarde?
- Anram, depois de caminhar eu passo por aí.
- Ok. beijo.

Até agora tá tranquilo demais né?

***

Vem a noite, você chega no apê e ele diz:

- Olha o quarto do "bruguelo" tá até grandinho depois do piso né?

Depois dessa não há como esconder mais e você decide abrir o jogo.
Nesse momento vem a parte mais fofinha do dia quando ao contar pro marido que a mostra veio, ele com seu sutaque goiano misturado com pernambucano te diz:

- Oxe, e foi?  (carinha de meio desapontado) =| ah mas... Deus sabe o que faz né? fica pra próxima! :)

Todas juntas no 1, 2, 3

Awnnnn :)~

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

2

Pré-tentantes preparem o corpo já!

Mesmo que pareça óbvio, vou começar explicando o termo pré-tentante.
Pré-tentante é aquela mulher que ainda não está tentando engravidar.
AVÁ! é mesmo?
Tá, é mais que óbvio, eu sei. Só que pra mim, é bem mais que isso...

Pré-tentante é aquela mulher que nem começou a tentar engravidar, mas já tem roupinha de baby guardada com muito carinho em seu guarda-roupas, para ambos os sexos. Já tem também roupas para quando ela estiver grávida, tipo aquele macacão preto bapho que tá só esperando um belo barrigão pra completá-lo e sair por aí esbanjando sexualidade só que não. É aquela mulher que lê mil e um blogs de maternidade por dia, acompanha a história das blogueiras como se fosse uma novela (muitas vezes mexicana) e se põe no lugar delas sempre! É aquela que não pode passar em frente de uma loja de bebês e já fica imaginando qual berço vai comprar, quais coisinhas vão combinar mais com os tons do quarto do seu filhote (sim, ela já sabe as cores que quer pintar o quarto). É aquela que assiste o programa um bebê por minuto e se emociona com os partos que vê.
Simplesmente pré-tentante é aquela mulher que sonha com todo amor do mundo em ser mãe.


E essa pessoinha que vos fala escreve se encaixa perfeitamente neste perfil.

Pessoinha esta que fazendo suas pesquisas diárias no mundo virtual, acabou achando uma matéria bem interessante e resumida, falando sobre a importância de preparar o corpo para a gravidez. Clique aqui para ler.



* Só pra compartilhar, ontem completou três meses que estou tomando ácido fólico. E nesta semana comecei a fazer caminhada e regular minha alimentação. Não que eu esteja uma obesa nem nada, sempre fui de me alimentar bem, porém fiz uma avaliação pessoal e percebi que posso melhorar o meu cardápio, incluindo mais frutas e verduras, deixando as guloseimas mais para o fim de semana, afinal também sou filha de Deus né? Pretendo emagrecer no mínimo 7 quilos. Vamos lá gente! Mandem boa vibrações e boas receitas lights gostosas também!






terça-feira, 18 de setembro de 2012

5

Não é obsessão, é amor!

Ontem revelei pro marido que havia escrito o segundo primeiro post do blog.
- Hãm?
- Voltei a escrever no blog menino!
- Ah tá, ah foi?
- É, foi! :)
- E alguém já leu?
- Sim, Kamyla já leu.
- E ela gostou?
- Anram, disse que eu levava jeito pra coisa.
- Ah, que bom né? :)

Não esperava essa reação dele! Visto que sempre que começo com meus babypapos e noias ele já emburra a cara e diz "você tem que parar com essa obsessão! desse jeito não vai conseguir engravidar! e outra, não estamos no melhor momento para ter um baby e a gente já conversou sobre isso lembra?"

É, eu lembro. Só que benhêêê se eu engravidar hoje o bebê não nasce amanhã não sabia? São nove meses ainda.  Vou começar engordando, depois enjoando e vomitando, inchando, cansando e você me aturando. Olha que bacaninha! Muita diversão né? Haha

Mas eu entendo o que ele quer dizer com não estamos no melhor momento.
É que estamos prestes a nos mudar pro nosso lar doce lar, prestes a parir nossa primeira conquista juntos! Digo parir porque sinto como se fosse um filho de tanta espera. São mais de dois anos de planejamento, cuidados, preparação, agonia e ansiedade. Diz se num é praticamente um filho gentem?!
E pra ser bem sincera, eu até concordo com ele. Falta tão pouquinho pra gente estar em nosso aconchego. Não custa nada esperar uns 4 meses a mais né?

O fato é que eu queria que ele entendesse (e quem vier a ler este blog também) que não precisamos fazer o baby hoje não. Bora treinando e tals (safadenha). Quero mesmo é me jogar nessa blogosfera maternal! Pesquisar, aprender, acompanhar, fuçar, sonhar... estar bem preparada para o que vem pela frente, (e pra rimar) preparar o corpo e a mente. ~Todas medita nesse momento~

Enfim, me parece que ele já entendeu! ufa!

domingo, 16 de setembro de 2012

6

Recomeço

Escreve, escreve, escreve. não apaga. escreve de novo, hum... não, apaga!
Todo começo é difícil né? E o que vocês diriam de recomeço? 
É, no mínimo, duas vezes mais difícil!

***

Criei este blog ano passado para que azamigas que moram distante pudessem acompanhar com detalhes a minha primeira gravidez. Estava radiante de alegria, distribuindo sorrisos, inchando o buxo e dizendo "olha que grande!". Devo ter postado umas 5 vezes quando no dia 22 de dezembro, dois dias antes do natal, sofri um aborto espontâneo. Estava de 8 semanas. Qual foi a minha reação? Acho que a de 90% das mulheres. Comuniquei a todos o ocorrido por aqui, fiquei um tempo sem postar, depois apaguei tudo e o blog ficou em branco.

Ah Marayza, mas tu também sai logo contando que tá grávida estando ainda na fase de risco! Só pode falar que tá grávida depois de 12 semanas! Fora olho gordo que colocam em cima de você, etc.

É eu sei, sei também que pra morrer basta estar vivo. E que eu, você, sua mãe, seu pai, a vizinha fofoqueira, seu Manoel da padaria, seus amigos, enfim, todos nós continuamos em risco até hoje. Olho gordo? Mando fazer um belo de um regime! Acredito nisso não. Acredito que o dia de amanhã a Deus pertence e que todas as coisas acontecem para o bem daqueles que O amam. Simples assim.


***

E já se foram quase 9 meses do ocorrido aborto, quase uma gestação! E o que eu aprendi com isso?
Aprendi que o tempo é o melhor remédio; que seu amigos de verdade estão com você nos bons e maus momentos; que é normal acontecer isso na primeira gravidez e que eu não sou a primeira e nem serei a última; que nem todos os conselhos e palpites são bons de se ouvir; que apesar de ser tão "natural" poucas mulheres tem coragem de contar a sua história. E eu não as julgo, afinal, quem sou eu para julgar os outros? Sou aquela que apagou tudo e quase desistiu disso aqui. Ainda bem que foi quase! :)

Hoje penso de outra forma. Amadureci o suficiente a ponto de falar sobre o assunto naturalmente. Se estou curada? sim. Se a dor passou? não. A dor foi amenizada e transformada em cicatriz. Pois, por mais filhos que eu venha a ter (só 2 tá bom tá Deus?), aquele primeiro eu não tive, e eu o queria muito.

Só que agora eu voltei! HAHAY! Todo mundo mão pra cima, de um lado pro outro junto comigo. VAI!

\o\ eu voltei, voltei para ficar, porque aqui, aqui que é meu lugar /o/  



E deixo vocês com parte de um poema do Paulo Roberto Gaefke 

“Não importa onde você parou,
em que momento da vida você cansou,
o que importa é que sempre é possível
e necessário “Recomeçar”.

Recomeçar é dar uma nova
chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida
e o mais importante:
acreditar em você de novo."

                     
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...