domingo, 16 de setembro de 2012

6

Recomeço

Escreve, escreve, escreve. não apaga. escreve de novo, hum... não, apaga!
Todo começo é difícil né? E o que vocês diriam de recomeço? 
É, no mínimo, duas vezes mais difícil!

***

Criei este blog ano passado para que azamigas que moram distante pudessem acompanhar com detalhes a minha primeira gravidez. Estava radiante de alegria, distribuindo sorrisos, inchando o buxo e dizendo "olha que grande!". Devo ter postado umas 5 vezes quando no dia 22 de dezembro, dois dias antes do natal, sofri um aborto espontâneo. Estava de 8 semanas. Qual foi a minha reação? Acho que a de 90% das mulheres. Comuniquei a todos o ocorrido por aqui, fiquei um tempo sem postar, depois apaguei tudo e o blog ficou em branco.

Ah Marayza, mas tu também sai logo contando que tá grávida estando ainda na fase de risco! Só pode falar que tá grávida depois de 12 semanas! Fora olho gordo que colocam em cima de você, etc.

É eu sei, sei também que pra morrer basta estar vivo. E que eu, você, sua mãe, seu pai, a vizinha fofoqueira, seu Manoel da padaria, seus amigos, enfim, todos nós continuamos em risco até hoje. Olho gordo? Mando fazer um belo de um regime! Acredito nisso não. Acredito que o dia de amanhã a Deus pertence e que todas as coisas acontecem para o bem daqueles que O amam. Simples assim.


***

E já se foram quase 9 meses do ocorrido aborto, quase uma gestação! E o que eu aprendi com isso?
Aprendi que o tempo é o melhor remédio; que seu amigos de verdade estão com você nos bons e maus momentos; que é normal acontecer isso na primeira gravidez e que eu não sou a primeira e nem serei a última; que nem todos os conselhos e palpites são bons de se ouvir; que apesar de ser tão "natural" poucas mulheres tem coragem de contar a sua história. E eu não as julgo, afinal, quem sou eu para julgar os outros? Sou aquela que apagou tudo e quase desistiu disso aqui. Ainda bem que foi quase! :)

Hoje penso de outra forma. Amadureci o suficiente a ponto de falar sobre o assunto naturalmente. Se estou curada? sim. Se a dor passou? não. A dor foi amenizada e transformada em cicatriz. Pois, por mais filhos que eu venha a ter (só 2 tá bom tá Deus?), aquele primeiro eu não tive, e eu o queria muito.

Só que agora eu voltei! HAHAY! Todo mundo mão pra cima, de um lado pro outro junto comigo. VAI!

\o\ eu voltei, voltei para ficar, porque aqui, aqui que é meu lugar /o/  



E deixo vocês com parte de um poema do Paulo Roberto Gaefke 

“Não importa onde você parou,
em que momento da vida você cansou,
o que importa é que sempre é possível
e necessário “Recomeçar”.

Recomeçar é dar uma nova
chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida
e o mais importante:
acreditar em você de novo."

                     
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Torço por um recomeço brilhante!!
    Pode deixar, que do lado de cá vai ter um monte de olhos magrinhos, torcendo pela sua felicidade!!
    Que bom que voltou! :)
    Um beijo!! E vamo junto!

    (fiquei emocionada de saber q ajudei um bocadinho. ^^)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada! foi e está sendo referencial viu?

      Excluir
  2. Seja bem vinda novamente,o tempo serve bem pra isso, amenizar as dores,aumentar as forças e renovar as esperanças.Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que lindo yza...
    confesso que me enchi de esperanca de ouvir "aquela noticia", quando li o convite do face, e que após abrir a página do blog e ler seu relato, enchi os olhos de lágrimas.
    Não imagino a dor que sentiu e que leva consigo, pois meu filho é tudo na minha vida, e só de pensar na probabilidade de minha vida continuar sem a presença dele me atordoa.
    Você está sendo, é e sempre será uma guerreira, uma mulher incrivel, uma mãe.
    Estou mandando todas a minhas energias positivas pra vocês, pense que se tem um negocio que me deixa e sempre me deixará emocionada é chegada de um bebê a uma familia...vixe que to me estendendo no recadinho...rs...saudades de você, cheiro bem grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga obrigada! :)
      Percebi que me afastar daqui do blog foi necessário por um tempo, mas que aqui posso seu eu e falar do que sinto, do que penso. Tenho tantas amigas que, como você, moram longe e que com o corre corre do dia a dia a gente mal tem tempo e disponibilidade de bater um papo, atualizar os assuntos da vida. Acho que através daqui vou conseguir isso e muito mais! beijos e saudades!

      Excluir

Vamos conversar comadre? Eu falo daqui e você daí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...