terça-feira, 26 de março de 2013

16

Beta HCG positivo :)

Então que eu já sabia, aliás, todas nós já sabíamos.
O exame de sangue deu positivo! YES!


O mais legal de tudo foi que na hora, eu não senti medo de nada, pra falar a verdade, nem senti agulha. A mocinha do exame foi super meiga e legal comigo. Me explicou como se conta as semanas (eu já sabia mas ela era tão legal que eu fingi que não sabia), disse que estou entrando na 4 semana, tal e tal.

Hoje fui toda feliz levar meu beta pra marcar a consulta com a GO e começar de vez o pré-natal.
A médica não estava (plantão) e vou ter que voltar amanhã, a recepcionista é uma chata, disse que antes de marcar a consulta ela vai pedir uns exames pra aí sim marcar consulta...
Fui logo perguntando "sim mas é daqui um mês né?" e a chatonilda "ela vai ver quando tem vaga e pode lhe atender". BLÉHHHHH monstra.

Enfim, deixei o exame lá pra adiantar as coisas, esqueci de tirar foto pra mostrar pra vocês.

Estou me sentindo bem, sem enjoo, sem cólica nem dor nas costas (acho que senti umas 2 vezes de leve). Ando com muita sonolência, acho que poderia dormir o dia inteiro se pudesse.
Sei que é cedo, mas estou com mais fome do que de costume. Antes almoçava entre meio dia e tal, agora 11 horas já estou com o estômago roncando!

Pergunta para as grávidas e mamães de plantão:

- Com quantas semanas vocês fizeram o primeiro ultrassom?

Estou muito ansiosa por este momento! Pra ouvir o coração do meu baby, ver que está tudo bem, sentir que estou grávida de verdade! A ficha não caiu direito, premiada assim de primeira, tão rápido? Confesso que me senti a mais fértil do mundo todo! hahaha

sábado, 23 de março de 2013

18

As duas listrinhas mais lindas do mundo!

Não quis contrariar a onda de positivos deste mês de março.


Sabe aquela sensação quando você acorda?
Aquela preguiça gostosa, aquela sonolência?
Aí você fica na cama, calminha, quietinha, curtindo o seu edredon...

Pois é assim que estou me sentindo!
Parece que estou nas nuvens, que ainda não acordei.
A ficha não caiu.

Ontem acordei cedo, e fui calmamente fazer o teste de farmácia. Parece que eu já sentia o que estava por vir, pela primeira vez não fiquei nervosa. Apenas curti o momento em que as duas listrinhas mais lindas do mundo resolveram aparecer pra mim. A primeira listra veio forte, a segunda um pouco envergonhada.
Voltei para a cama, encostei a cabeça no travesseiro, olhei para meu marido e lhe disse:

- Bom dia papai!
- E aí, oque apareceu?
- 2 listrinhas!
- (pausa pra pensar) e?
- Deu positivo, estou grávida!
- Sério? Você está brincando.
- Tô não menino, olha aí (entreguei o teste mais o papel explicativo pra ele)
- (Alguns segundos olhando para entender) eita, é mesmo.

E ele meio que dá um sorriso tímido, meio que puxando pro lado esquerdo do rosto, se espreguiça e fecha os olhos como quem quer dormir.
Essa foi a reação do momento dele, que ao longo do dia soltava brincadeiras do tipo "vai nascer um Valtamirozinho" (meu sogro se chama Valtamiro). Agora imaginem eu chamando meu filho "voltaaaa Miro!" Hoje eu comentando com ele que estava precisando comprar umas coisinhas, ele me vem com um "agora você tem que pensar em outras coisas, outra pessoa". E por aí vai.

Ainda não fiz o exame de sangue, irei fazer segunda.
A princípio pensei não vou contar pra ninguém, pelo menos por enquanto. Passou-se a manhã de ontem mandei uma mensagem para uma amiga que mora em Washington/USA, depois mandei um e-mail para a Nana pois estava pra me consultar online com ela (oi amiga psicóloga! kkkk), e a noite depois do jantar de 88 anos da minha avó paterna, depois do meu pai ter caído na lei seca por uma taça de vinho (judiação) resolvi contar aos meus pais para ver se ficavam mais felizes e esqueciam a possível multa de R$1.900,00 (nussaaaaaaa) pedindo sigilo e falando que ainda iria fazer o exame de sangue, etc e tal.

Minha mãe já está toda toda com um ajeitado perguntando se comi, oq comi, como comi. Meu pai já está dizendo que vou ficar mais gorda, bem mais gorda, a Nana me escreveu um e-mail maravilindo, meu marido está, a cada dia, mais preocupado com as futuras contas que teremos.

E claro, vocês minhas amigas fofas, lindas da minha zona de conforto. Amigas virtuais que me entendem e me apoiam. Não poderia deixar de contar pra vocês cada etapa do que estamos vivendo. Parei de atualizar a página do facebook pois lá tem um montão de gente que não quero que saibam AINDA por motivos de, sei lá, vamos esperar. Mas acho que não seria justo deixar de contar TUDO a vocês que me acompanham desde o comecinho. Então eis aqui o nosso "segredinho" (vai ser uma forma louca de saber se realmente as pessoas que curtiram a página lêem o blog).

E vamos aguardar as cenas do próximo capítulo dessa linda história.

O baby dos babies vem aí!

quinta-feira, 21 de março de 2013

10

Pirem comigo! ahhhhh

Histórico dos meus ciclos
Os três últimos ciclos muito bem controlados, obrigada.
Ciclo atual 3 dias de atraso!!!
Se contar com hoje (afinal já é noite, o dia praticamente acabou) são 4 dias de atraso!!!

PIRANDO!!! PIRANDO!!! PIRANDO!!!
PIPIPIPIPIRANDO!!!

quarta-feira, 13 de março de 2013

13

Tentante no divã

Lembram do meu medo/trauma de partos? Que falei que iria procurar uma ajuda profissional?
Então que semana passada tive minha primeira consulta com a psicóloga.
Tava super animada pra ir e deitar no divã e tal, chegando lá quedê divã? Não tinha! Chato...
Mas enfim, a conversa foi ótima!

A dr. disse que eu tenho sim um tipo de pânico, o medo do medo.
Disse que bom mesmo seria eu parar de tentar, que deveríamos tratar disso primeiro, que eu deveria procurar um psiquiatra também parar tomar uns remédios, num sei oq, num sei oq lá.
Ela não me impôs nada, inclusive ela foi super bacaninha, carinhosa, meiga, uma fofa!
Sempre que falava algo, me perguntava "você concorda?"
Daí contei pra ela que já tava tudo liberado e que existia sim a possibilidade de eu estar grávida. Ela disse para então esperarmos se a menstruação virá ou não, e que a partir disso tomaremos um rumo ao nosso tratamento.

Ok ok. Saí de lá certa de que era disso que eu precisava e que deveria fazer.
Contei pra minha mãe e ela só ouviu, e me olhou com um olhar de preocupação, e não disse nada. Estranho.
No outro dia ela chegou em mim com uma olhar meio gatinho do Shrek e disse "Oh filha, não pára de tentar não. Engravida logo. Você vai ver que tudo é tão normal. Deus nos fez para sermos mães".

Sinceramente, eu quero sim fazer o acompanhamento com a psicóloga mas não queria parar de tentar, nem queria ter que tomar remédio, psiquiatra, nada disso. Só não falei isso pra dr. lá.
Tipo... só a conversa que eu tive com ela me ajudou bastante. Ela me fez entender que isso que sinto não é frescura nem nada. Ela me passou segurança. Até me abraçou gente!

Para a ansiedade não voltar, eu parei de pensar no assunto, pelo menos por enquanto.
Vou esperar a visita da monstra amiga (ou não, vai que... seria muita sorte não?) e depois tomo uma decisão a respeito.

E mudando um pouco de assunto...

Estou postando de Goiânia - Goiás!
Viemos passar uma semana de férias na terrinha do marido, rever os parentes, curtir os sobrinhos, relaxar...
Coisa boa é ser visita viu? é um ajeitado sem fim! hahaha
Meus sogros trabalham com lanchonete e quando estamos por aqui eles querem satisfazer todas as nossas vontades.
Se você estiver fazendo regime, pare por aqui. As cenas seguintes são muito fortes.

Oh trem baum sô!
Aprendendo a fazer biscoito de queijo 

Pão de queijo quentinho no café da manhã, quanto sofrimento!

Peito de frango cozinhando devagarzinho no forno de lenha... Hum...



segunda-feira, 4 de março de 2013

7

E o que dizer da ansiedade? [parte 2]

Como visto no post anterior a ansiedade está (estava) tomando conta de mim. E pra que a dita cuja não se tornasse minha inimiga número um, tratei logo de fazer uma bela pesquisa para:
  1. Entender porque a ansiedade nos atrapalha a engravidar;
  2. Como fazer para driblá-la.
Jack pediu pra que eu mostrasse o resultado de tudo isso. Vamos lá.

Pesquisando pelo google, achei assim de cara o blog mãe a flor da pele com um post MARA explicando tudo isso. Li e me dei por satisfeita.

É bem óbvio que o motivo da ansiedade nos atrapalhar tem haver com? com? com? Os hormônios! Claro! Esses danadinhos são capazes de nos enlouquecer! 
Vou resumir com minha próprias palavras um pouco do post para vocês (licença colega!!!).
Se você quiser ler o post por inteiro (recomendo) clique aqui.

  • Tudo começa com a adrenalina. você tá lá na hora "H" com seu amore, ele fazendo toda uma performance sexual e você pensando só e exatamente só na hora dos espermatozoides estarem dentro de você, correndo de encontro ao óvulo para fecundá-lo e enfim, engravidar. Nessa hora seu corpo libera adrenalina (oq é normal) só que como você tá tensa/ansiosa a descarga de adrenalina é muito maior e seu corpo fica numa vibe muito loka, achando que algo ruim vai acontecer, e acaba que atrapalhando os bixim de chegarem nas trompas.
  • Mas os espermatozoides do seu marido são cabra macho/mulé porreta e conseguiram driblar isso, e um deles foi lá e pimba, fecundou o óvulo (uebaa! viva!). Não comemore ainda! Pois se você continuar ansiosa seu corpo vai continuar liberando adrenalina que vai reduzir a produção da progesterona (hormônio responsável pelas modificações do organismo durante a gravidez e responsável por formar uma camada de "proteção" ao embrião, para que o mesmo possa se desenvolver).
Enfim, são muitas as razões pela qual a ansiedade nos atrapalha.
E como fazer para se livrar da maldita?
Bem, não existe uma fórmula secreta.
Cada uma se conhece, e sabe a melhor maneira de relaxar.
Aqui vão umas dicas minhas, sem comprovação científica (calaro). 
São coisas que eu estou fazendo e estão me ajudando a relaxar e mudar o foco.

  • Antes de ir dormir, tome aquele banho relaxante, quente ou frio, do jeito que você gostar. Depois do banho, passe hidratante em todo o corpo, massageie os pés, braços. Pede pro marido ajudar, faça massagem nele também, coloque uma música relaxante e durmaaaa...
  • Cozinhe! Isso mesmo! Seja o que for! Uma receita incrementada, ou algo simples. Se dê ao prazer de comer algo que você e o maridão gostem.
  • Vá ao cinema, ou assista um bom filme ou série em  casa mesmo. Não sei vocês mas eu esqueço do mundo quando estou no cinema!
  • Tenha sempre um lanchinho na bolsa, seja uma barrinha de cereal, chocolate, um biscoitinho salgado, qualquer coisa que te faça mastigar e ter uns minutinhos de prazer (mesmo estando você no meio daquele trânsito pesado).
  • Cante mesmo sem saber! No carro, no chuveiro, no elevador, lavando louça!
  • Sorria e dê bom dia! Saia com as amigas, ande de bicicleta, dê uma volta no condomínio, converse com os vizinhos, dê bom dia, puxe papo com a velinha na fila da padaria.
  • Leia! Seja livros, revistas de moda, blog das amigas.
  • Jogue! Baralho, dominó, jogo de tabuleiro, no tablet, iphone (Tô viciada no candy crush gente!), smart phone. Só não jogue pedra em mim que tá tudo certo! kkkk 
  • Resumindo: Arrume oque fazer fia! Ocupe suas horas vagas fazendo coisas que te deixem feliz e que te ajudem a relaxar o corpo e a mente!
Imagem daqui


OBS: LEIAM O POST DELA, SÉRIO, É MUITO BOM!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...