segunda-feira, 11 de novembro de 2013

10

38 semanas - reta final!

Então que chegamos nos finalmente!
E como eu me sinto? Me sinto coisada!


Pontos 3,4 e 5 me definem.
Estes últimos dias estão sendo os mais difíceis da gestação.
Meus pés estão um pouco inchados, minhas pernas doem, sinto falta de ar, tenho fortes caimbras na virilha, não consigo ficar mais de 10 minutos em pé, minhas roupas mal me cabem....

Ontem a noite tive um ataque de nervos e comecei a chorar DESESPERADAMENTE. Com medo de tudo! Medo do parto, medo das contas, medo de ter que depender dos outros, medo do que estar por vir. Meu marido me acalmou bastante, me abraçou, pediu para que eu tivesse um pouco de paciência e agradecer por estar tão bem e já na reta final. Cheguei a dizer pra ele "não aguento mais estar grávida!" onde ele arregalou os olhos e me deu um "mini sermão". Horas depois estávamos rindo juntos... Sério, me sinto uma adolescente mimada com TPM, mas é algo que a gente não consegue controlar... Uma mistura doida de sentimentos, os nervos ficam a flor da pele, me sinto péssima quando estou assim...

Hoje um pouco mais tranquila.
Na quinta passada fizemos a última ultra, o bebê está ótimo, pesando 3kg e medindo 49cm, a placenta está grau I indo para grau II, o que indica que ainda teremos mais uns dias pela frente. Logo mais a tarde tenho consulta com a obstetra e iremos marcar a data do parto. Creio que para a próxima semana. SIM, eu vou marcar cesária. SIM eu tenho medo de parir. Eu poderia estar roubando, matando, mentindo, mas estou aqui enfrentando essa onda toda do parto normal/natural para dizer que escolhi ter cesárea. Não estou dizendo que é a melhor opção, tão pouco sendo contra toda a causa que está tomando parte de todos os blogs. Pelo contrário, acho importante e muito válido que se lute por um parto humanizado. Mas também acho muito chato esse negócio das grávidas que optam por uma cesárea serem vistas como "menos mãe"... é tanto julgamento que havia chegado a conclusão de não falar do assunto com ninguém. Ia deixar rolar e pronto. Mas as pessoas não querem te deixar a vontade pra escolher, ficam perguntando, enchendo teu saco, não se dão por satisfeitas até você fazer a vontade delas. Sabe oque ouvi da minha avó paterna? "se você não tiver este bebê de parto normal, você não vai ser mãe, vai ser cirurgiada". Ora me poupe! E quer saber? Vou marcar a cesárea sim, mas pode ser que meu bebê resolva vir ao mundo antes, pode ser que eu entre em trabalho de parto e quando chegue ao hospital já esteja tão dilatada que acabe tendo um parto normal (como foi o caso da minha irmã há 4 meses atrás). Só quem sabe do nosso futuro é DEUS! E eu que estava me auto martirizando por isto, com medo de vir aqui contar a minha escolha e de ser julgada por isto, hoje não estou mais. Sei o quanto meu bebê é e será amado e cuidado e isto pra mim já basta.

*Desculpem a "brabeza", piti ou mimimi. Falei que hoje eu tava coisada. E não só de fotos bonitas e relatos legais que se faz um blog, um pouco de realidade faz parte...
Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Olha... Relaxa... Tudo se resolve... Não deixe que isso passe para o bebê. E tudo sairá bem, tanto pra vc como para o bebê, esposo, equipe médica... :) bjs

    ResponderExcluir
  2. Está certíssima! Eu quero tentar parto normal mas por opção minha tbm! E se tivesse que ser cesárea faria numa boa! Alias, ainda não sei se até a hora H mudarei de idéia! kkkkkk ser mãe ou não ser mãe não vem do tipo de parto que teve... se fosse assim, qual a categoria para aquelas que tem parto normal e jogam o bebe numa caçamba de lixo?!

    Relaxa e aproveite os ultimos momentos do barrigão!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Superrrrrrrrrrrrrrrrrrr apoiadaaaaaaaaaaaaaaa
    Eu acho que é uma hora sua e do seu esposo
    que voces dois tem que conversar
    e decidir o melhor para vcs e para essa vidinha que está vindo ai
    MInha mãe fez duas cesarea e falo que faria 3
    e como diz uma amiga minha ATÉ VACA HOJE EM DIA FAZ CESAREA
    é uma situaçao não tem nada a ver de ser menos mãe ou mais mãe
    também tenho ataque de choros
    e nem sei o pq
    bjaooooooo

    ResponderExcluir
  4. Mara, a reta final da gravidez é muito tensa.... cheia de dores, incômodos, cansaço, inchaço.... é ruim mesmo, não se preocupe de não amar tudo e não amar todos os dias da gravidez. ninguém ama, viu? ninguém ama os mil dias que passa grávida. é chato às vezes, fique bem.

    quanto à cesárea, não se preocupe em se explicar para ninguém.... a periquita é sua, o parto é seu, o filho ainda é totalmente seu. não se preocupe mesmo. e não acho justo vc esconder que quer uma cesárea eletiva, não. quer a cesárea? faça. não existe o melhor parto do mundo, existe o nosso melhor parto, nosso melhor momento e ponto.

    boa sorte, volte aqui para nos atualizar sempre!!

    beijos enormes!!!

    ResponderExcluir
  5. Pois é concordo plenamente com essa questão da cesária X parto normal, não é a forma que o bebê vem ao mundo que nos define com mãe ou não mãe. E os 9 meses ou até mais para as tentantes, como fica? Estamos em pleno século 21 onde temos o direito de escolher o que é melhor para nos levando em consideração nossas limitações e medos.

    ResponderExcluir
  6. pior q te chamarem de menos main eh te tratarem como uma ingenua burra que foi enganada pelo medico malvadao que soh quer acabar com a sua vida.tadinha, tao bobinha foi enrolada..ahhhhh cala a boca. Queria parto normal, fiz cesarea e quer saber?! os dois partos vao te fazer acordar oito vezes de madrugada, brigar com o marido que nao sabe acalmar a cria e conviver con a zona que a sua casa vai virar. O que importa realmente eh a maozinha dele fazendo carinho no seu peito enquanto mama =D

    ResponderExcluir
  7. é muita emoção né!!!! agente fica coisada mesmo!!! rsrsrs
    Eu escolhi o parto normal/natural e sofro muito por essa escolha ao seu contrario. E resolvi não falar sobre este assunto... Melhor assim né? Ou ir conforme a maré... Ora respondo cesarea, ora respondo normal e assim segue a vida
    Bjs
    http://meumilagrerealizado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Mara eu tb optei por cesárea, decidi isso hoje e tô nem aí pro que vão pensar de mim, só eu sei o que me levou a essa decisão!
    E força para aguentar esses últimos dias!!

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Tive todos esses medos, principalmente quando o dr disse q iria ter q ser cesaria pois é guilherme estava sentado e nao consiguiria virar por falta de espaço, aii que as anti-cesarista ficaram falando q era papo de médico cesarista e blablabla.
    Eu sei que no final das contas eu tive a cesaria e nao me arrependo de nada, unica coisa q me arrependo é de ter dado ouvidos a comentarios desnecessarios e sofrer antes do tempo.
    Minha querida faça oque seu coração mandar, e se quiser manda o resto q der opinioes desnecessarias pra pqp HAHAHAHA
    eu criei um post sobre mninha cesaria vai la da uma olhadinha
    bjoo
    http://jessicaegregory.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Achei esse post muito importante - quem ainda nem começou a tentar já se sente pressionada pelo discurso (ou pela pressão) do parto normal, e sabe o que eu acho? isso não devia ser tão cobrado, tão falado, tão gritado. O mais importante é o que a gente sente, o que o bebê sente, a segurança, o conforto, o estar segura com isso. Precisava ter mais importância. E, realmente, dá medo até de falar das nossas escolhas devido ao tanto de pedras que são jogadas. Parabéns pela iniciativa em falar. Guardarei esse post entre os preferidos pra ler um dia e tb tomar coragem se necessário...

    ;)

    ResponderExcluir

Vamos conversar comadre? Eu falo daqui e você daí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...