sexta-feira, 25 de julho de 2014

2

8 meses de Luiz Gustavo

Eis que pulamos o relato do sétimo mês por motivos de: cansaço! sempre este vilão!

  Muita coisa aconteceu desde a última vez que passei por aqui. Entre tantas mudanças e avanços, me encontro num estado de graça, alegria e muito, muito cansaço. 
  Nos dias atuais, ser mãe em tempo integral é um luxo. Digo isto porque sei que muitas mães fariam de tudo pra poder largar o emprego e se dedicar em cuidar exclusivamente do seu bebê.
Eu disse muitas mães, não todas.

  Fato é que essas mães muitas vezes não sabem quão cansativo e exaustivo é ser mãe em tempo integral. Os cuidados com um bebê vão muito além de trocar fraldas e dar comidinha. Tá, eu sei que todo mundo sabe disso, mas o que eu quero dizer é que a rotina de uma mãe/esposa/do lar é interminável! E fora o cansaço físico, também existe o cansaço mental, de ficar muito tempo em casa.

 E porque estou falando tudo isso se o post se trata a respeito dos 8 meses do pequeno? Bem, só pra vocês entenderem o porque do meu cansaço físico/mental, que acabaram influenciando muitas vezes nos acontecimentos gerais do lar doce dar e de tabela do modo como venho cuidando do LG.
não, eu não larguei a cria solta ao relento.

  Mas vamos ao que interessa, nos 8 meses de vida do LG...

  • Senta com muita firmeza, caso comece a pender para cair, já põe a mãozinha na cama/chão para se segurar.
  • Ensaia seus primeiros "passos" para engatinhar, muito fofo ele na posição de cachorrinho, fica se balançando pra frente e pra trás, e quando quer alcançar alguma coisa ou se arrasta, ou se joga de barriga tipo um sapinho.
  • Adoraaa comer! Não tenho mais um pingo de trabalho para dar qualquer refeição que seja. Gosta de todas as frutas, sucos, sopinhas que oferecemos. Se deixar come pau e pedra haha.
  • Já faz todas a refeições, fruta/suco/vitamina 2 vezes ao dia, comida de panela (sem sal) 2 vezes a dia. Mamadas e gagaus ao acordar, para dormir, ou na madrugada.
  • As vezes come da nossa comida. Sempre me esforço ao máximo para fazer a comida dele separada, mas tem dias que não estou em casa, se dou uma fugida para a casa da minha mãe por exemplo, e se tiver uma comidinha fresquinha do dia, um feijãozinho no capricho, ou um peixe no molho com legumes bem delicioso, ele come sim!
  • Já provou bolacha maizena, pão, goiabada. Arte dos avós. Eu digo que não é pra dar, mas eles vão lá e dão. Aiaiai
  • Está começando a estranhar as pessoas e ficando um pouco mais sério, não ri pra qualquer um com tanta facilidade como antes. 
  • Fala "mama" bem certinho. Já falou "bobó" algumas vezes, "baba", "paaa", todos ficam pedindo pra ele chamar vovô,titia, papai. Mas não tem jeito, na hora da fome, do desespero, ou apenas de querer falar por falar, é a "mama" que ele chama. RÁ!
  • Ama de paixão a introdução do desenho dos backyardigans, é só começar a musiquinha que ele já abre seu sorrisão banguela mais lindo desse mundo!
  • Falando em sorriso, ainda não temos nem sinal de dentes por aqui. A babação ainda continua, assim como o fato de tudo que ele pega ir direto para a boca.
  • Começou a dormir no seu quarto faz 3 dias. Ainda não consegui (nem acho que vou) colocá-lo no berço ainda acordado, tenho levantado em torno de 4 vezes a noite para cobri-lo, por a chupeta na boca, trocar a fralda. Mas passo a noite acordando para olhar a babá eletrônica! hahaha
  • Está pesando 8,750 e medindo 69cm. Parou de ganhar tanto peso e está começando a esticar.
  • Nas última vacinas que tomou, não chorou! Um rapazinho!
  • sobre o sono, taí uma coisa que tá bagunçada! No geral ele tira um cochilo em torno das 11h da manhã, outro cochilo no início da tarde (após almoço), no fim da tarde (lá pras 17h), e dorme bem tarde da noite (lá pra 22h). Quando passamos o dia em casa fica mais fácil aplicar uma rotina, ele já é acostumado com o ambiente e pega no sono facinho. Mas como falei aí em cima, a mãe aqui tava entrando em neurose em ficar o tempo todo trancada em casa, e comecei a sair e passar o dia fora, seja na casa da minha irmã, na casa da minha mãe, ou até na loja para trabalhar. Daí que o baby adora sair pra passear, gosta tanto, fica tão empolgado com as novidades, pessoas e lugares diferentes que não dorme. Tira um cochilo de no máximo meia hora e pronto, acorda com todo o gás para explorar os novos ambientes. Resultado, uma mãe aliviada mentalmente porém exausta fisicamente!
Comecei a escrever este post ontem, e hoje Luiz Gustavo engatinhou pela primeira vez! E eu filmei! Pude ver isso! Essa é a grande vantagem de ser mãe em tempo integral, não perdemos nada dessa fase tão linda! O trabalho é grande, mas TUDO compensa!







terça-feira, 17 de junho de 2014

4

Meu pequeno tagarela!


    A gente carrega por 9 meses na barriga, parimos, amamentamos, e acordamos muito mais nas madrugadas para cuidar deles. O mínimo que merecemos é que nossos pequenos falem primeiro mamãe, ao invés de papai concordam?
    
    E aqui em casa foi assim! Vitória da mamãe uhu! \o/

    Tenho provas!

    Vídeo gravado dia 24 de maio, LG com 6 meses e 5 dias:


  
Prestem atenção aos exatos 0:43 e 0:54 segundos do vídeo :) Tô pirando ou ele disse "mam"?

Vídeo gravado dia 13 de junho, LG com 6 meses e 25 dias:

Todo esse BÁBÁBÁ seria chamando o pai? Vovó disse que sim! 


   E eu sou a mãe mais babona do mundo, assisto esses dois vídeos pelo menos umas 5 vezes ao dia, todos os dias! HAHAHA
   Fala sério, é ou não é pra morrer de amor? ❤️❤️❤️❤️❤️❤️



   

sexta-feira, 13 de junho de 2014

2

Baba baby, baby baba...

Luiz Gustavo sempre foi um bebê babão, do tipo que a baba escorre mesmo e que é preciso trocar de roupa de tão molhado que a criatura fica.
Mas de uns dias pra cá o negócio tá punk. A baba sofreu uma alteração mutante, se transformou numa meleca bem espessa e numa quantidade que, banho pra quê?!

Exageros a parte, todos dizem que são os dentinhos que vêem aí! Acho que tão vindo de jegue porque puts vei! Que demora! Se bem que estamos no tempo/média para que isso ocorra. 
Minha mãe falou que quanto mais demorem pra nascer melhor, que nascem mais fortes etc e tal. 
A questão são os sintomas pré-dentes! sei que eu já tô pirando! Não só por tanta baba mas pela alteração do humor do meu pequeno. 

Tá... Posso estar reclamando de barriga cheia, pois Lg é uma criaturinha ótima de  cuidar. Risonho, alegre, calmo, fica bastante tempo no carrinho, ta dormindo a noite toda, está começando a comer tudo bem certinho, tudo as mil maravilhas como manda o figurino certo?! 

Certo e errado! Nem sempre está sendo assim. Óbvio, Lg não é um robô (apesar do apelido). Mas eu estava acostumada a uma criança total flex, paz e amor, só love, só love.
Agora se o tiro do banho ele chora, não como antes que bastava dar um brinquedinho pra acalmar, chora como se não houvesse amanhã! Fica vermelho, fica dando chilique OMG! /o\
A criança que deve estar pesando em média 8,5 só quer braço! E eu sou a favor do colo sim, mas é humanamente impossível continuar exercendo minhas funções de mãe/esposa/dona de casa com um bebê no colo. E minhas costas? Como ficam? 

Eu colocava a culpa desses dias tensos nos "piques de crescimento", agora ponho nos dentes que estão por vir. 

Sei que tudo logo passará, logo seus dentes nascerão, ele irá aprender a engatinhar e andar... E tudo vai ficar bem!

Uma pausa para o Hahaha 

Vai aprender a andar, começar a tocar o terror na casa /o\, falar muito oque deve e oque não deve, depois virá o terrible two... E a vontade de ter o segundinho! ❤️❤️❤️❤️❤️

Agora me digam, mãe num é um bicho doido?

     Lambança com a pinha! Yummy!

quarta-feira, 4 de junho de 2014

6

Introdução alimentar - a saga!

Frutinhas, papinhas doces, papinhas salgadas...
Nesses últimos dias só tenho pensado nisso!

A introdução alimentar deixa toda mãe doida - de alegria e de tristeza.
Nunca a música "come come come que a mamãe fica feliz" do patati e patatá fez tanto sentido!
É maravilhoso oferecer algo ao seu bebê e vê-lo comendo, abrindo a boca igual um passarinho quando quer comer mais. Frustante é você preparar a papinha dele com todo amor e carinho, requinte e toques de chefe, e o pequeno simplesmente fazer cara de vômito.

A primeira semana de introdução alimentar do LG foi um tanto quanto complicada.
Luiz Gustavo se mostrou bem definido em relação aos alimentos. Ou gostava, ou não gostava, não havia meio termo. Pensei "mas que bebê seletivo!". Oras, todo bebê gosta de banana! LG não gostou. Foi preciso mais de três tentativas para ele aceitar bem a fruta. Mamão? Só na quinta tentativa.

No primeiro post sobre introdução alimentar mostrei a foto do pequeno comendo caqui, essa fruta sim ele A-M-O-U! Meu pequeno comedor de caqui! O avó até brincou "Rapaz, ao invés de você gostar de banana que custa 5 por R$1,00 você gosta de caqui? Que custa R$1,00 cada?".
Depois vieram os legumes, que de cara a criatura não gostou de NADA!!! /o\ Aí bate aquele aperreio de vida. Pronto, meu filho não vai querer comer, nada, nunca e jamais! drama mode on

Daí que eu parei, refleti, pensei mais um pouco e resolvi seguir meu coração de mãe. Preparei a papinha salgada (sem sal) do LG refogando o peito de frango no azeite, cebola, alho e legumes. Mixei tudo junto com o caldo e voilà! A criança comeu tudo!
Não que a pediatra não tivesse recomendado fazer isso, ela disse que era SIM pra fazer, mas lá pra segunda semana e que eu deveria amassar a comidinha dele com o garfo.
Mas eu pensei no meu bebê, comendo aqueles legumes puros sem muito gosto, amassados. Sei lá. Na minha opinião bebê tem paladar sim, claro. E outra, a criança era acostumada a só ingerir líquidos, e do nada, já oferecer um "trem" amassado, é óbvio que ele iria estranhar e possivelmente rejeitar, como de fato aconteceu.

Então que conosco funcionou assim:
- Primeiras duas semanas as papinhas foram mixadas com o próprio caldo do cozimento, virando uma espécie de sopinha.
- Terceira semana as papinhas foram mixadas sem caldo (ou apenas um pouquinho), virando uma espécie de pirão, mais grossinho.
- E agora na quarta semana comecei a oferecer a comida amassada com o garfo.

Tem dias (como ontem), que tudo funciona as mil maravilhas.
Ele acordou e mamou. Comeu frutinha no lanche da manhã, almoçou feijão e legumes, a tarde tomou vitamina de mamão com banana, a noite mamou.

E tem dias (como hoje), que o negócio complica!
De manhã acordou e mamou. Na hora do lanche da manhã ele tava com tanto sono que não quis saber de frutinha, então dei um leitinho pra ele se acalmar e dormir. Na hora do almoço RÁ, não queria saber de comer a comida, só de brincar e se lambuzar com ela. Tive que dar um intervalo de meia hora pra tentar dar a comidinha e dei um suquinho de laranja pra ele aceitar melhor. Já já é hora de lanchinho, pra não ter erro vou dar a fruta predileta dele, caqui! Essa ele não rejeita! :)

E assim vamos seguindo... Posso concluir nesse primeiro mês (praticamente) de introdução alimentar, que meu filho é bom de boca sim. A questão é que nem sempre ele está com tanta fome assim. Às vezes oque ele quer mesmo é brincar, ou dormir. Cabe a mim ter paciência, sei que aos poucos meu filho vai se acostumar de vez com essa nova rotina.

O peito ainda tem bastante leite, e sempre que ele precisar de afago e de se acalmar, vou amamentá-lo sim.
Não pretendo amamentar por mais de um ano, mas quero que o desmame seja natural, aos poucos, respeitando o tempo dele, e eu sei que esse tempo vai chegar logo logo.



segunda-feira, 19 de maio de 2014

5

6 meses do LG e o projeto QPBPP

Seguinte, este post é muito mais sobre mim do que sobre meu filho.

Eu sei, eu sei. A estrela do pedaço é ele. E vem sendo desde o dia 19-11-13.

E essa é a questão em pauta. Venho me dedicando exclusivamente a este serzinho lindo, fofo, rechonchudo, simpático, alegre, saudável, risonho, ad infinitum...
Mãe dedicada e exemplar, acabei esquecendo da mulher. EU.

Em seus 6 meses de existência Luiz Gustavo se mostra um bebê mais "independente", no sentindo dorme mais durante o dia, consegue se entreter com as próprias mãos e pés. Nem sempre é assim, mas hoje foi. Em duas horas de sono initerruptas, eu consegui lavar a louça, os panos de prato, as roupinhas dele, trocar os lençóis da minha cama, preparar/congelar papinhas/almoços pra ele, e de quebra trocar um lero com azamiga no whatsapp. Aí o Baby acordou, dei vitamina de mamão para ele, comi minha fruta, o coloquei no carrinho e parti pro inicio do meu projeto.

QPBPP = quero perder o bucho pós parto.

Comecei de leve com uma caminhada de 40min bem ritmada. Troquei o clube "mãezinhas e seus bebês" existente em meu condomínio, pelo clube "mamãe quer ser gostosa". Hahaha

Sempre pratiquei esporte, malhei... Sempre tive uma vida ativa. 
Estava sentindo muita falta disso.

Hoje tomei a decisão de voltar a me cuidar. De verdade.
Ser mãe, esposa, dona de casa, trabalhar fora (mesmo que com horários super flexíveis) nos dias de hoje não tá nada fácil. A exigência é enorme. 
Mas força na peruca! A gente consegue!

Minha sorte ( e meu azar ) é que sou muita boa de boca. Adoro uma boa lasanha sim, mas também amo uma boa salada. Na verdade eu como de tudo. Só preciso diminuir um pouco as porções, balancear mais, e deixar as gostosuras pros finais de semanas, dias esporádicos. 
Refrigerante já não tem vez aqui em casa, mas confesso que falho em fazer suco da fruta e tomo bastante suco de caixinha. Cortar o pãozinho vai ser dureza. Leite e iogurte são meus amores sem fim.
Não quero fazer aquelas dietas loucas de  passar fome. Quero me controlar mais. Eu estava deixando minhas vontades muito à vontade se é que vocês me entendem. 
Não me culpo tanto, de certa forma precisei. Dar de mamar exige muito de nós, a fome é IMENSA! O cansaço toma conta. A gente "deixa a vida nos levar", tipo uma maré.. É fase, e a fase passou!

Lg ainda mama, e muito. Mas o peito não é mais o seu alimento exclusivo. 
Sinto um pouco mais de liberdade. E vontade de cuidar de mim. Afinal preciso estar bem para cuidar do pequeno. Quero que ele tenha uma mãe que se goste, que se cuide, uma mãe que ele possa se orgulhar, não só por cuidar bem dele, mas por cuidar bem dela também.

Não dá pra ir a academia? Leva a cria junto e vai caminhar! Oque não pode é parar! 




segunda-feira, 5 de maio de 2014

2

Introdução alimentar

Agora é oficial!
Iniciamos hoje a introdução alimentar do pequeno! Uhu! o/

Faltando poucos dias para o Luiz Gustavo completar os 6 meses resolvi começar hoje. Aos poucos, sem muita pressão, aproveitando cada careta e expressão diferente. 

Mês que vem volto a trabalhar e vou precisar deixar o pequeno com a cunhada, a tia. Então que fiquei com receio dele não querer comer as papinhas e de só querer tomar leitinho, também não queria (nem podia) deixar de viver essa fase tão gostosa de descobertas, sabores e texturas. Não sei pra vocês mas para mim comer é umas das melhores coisas da vida! Hahahuhu 

Ainda bem que trabalho com meus pais e não vou precisar me ausentar todos os dias (ufa!), só nos dias de mais loucura na loja (que praticamente serão nos fins de semana).

Bem, no cardápio de hoje tivemos meio caqui no lanche da tarde, Lg amou!!!


A noite dei um pouquinho de inhame amassado com o leitinho dele e ele amou! Uhu :)

Delíciaaaaa essa vida de mãe não é?!

quarta-feira, 30 de abril de 2014

6

5 meses do Luiz Gustavo






Ontem foi dia de pediatra! Adorooooo! Sempre muito bom ver o quanto que o LG cresceu, engordou, como está se desenvolvendo.
O pequeno está pesando 7,550 e medindo 64cm.
Está com um pouco de tosse, e as vezes espirra. O clima esfriou e o baby sentiu.
Domingo fomos pro aniversário do priminho João Diogo, e lá ele passou de braço em braço (será que foi lá que pegou o resfriado?)

No mais, o bebê está ótimo, lindo, risonho e divertido.

- Temos um bebê que já fica sentado na cama (por uns 4 segundos depois cai hahaha);
- Um bebê que dá gargalhadas, que conversa sozinho e com tudo e todos ao seu redor (meu tagarela);
- Adora um paninho, fraldinha, lençol... se agarra, cobre o rosto e acha graça (ai que perigo);
- Na hora do banho já bate com as mãozinhas na água, ultimamente os banhos da noite tem sido com o papai no chuveiro (ele não faz cara de muito alegre, mas quando sai, chora);
- Quando estamos comendo, ele faz uma cara de pidão, e fica mastigando o vento (ô que dó!);
- Confesso que já dei umas coisinhas pro baby provar (não resisti!). Dei suquinho de laranja mimo, 60 ml, ele amou! Tomou tudo e chorou querendo mais. Dei banana amassada, gostou +ou-, dei mamão amassado e vi que ele gostou mais que a banana (gostou mesmo foi de meter a mão no pires e derrubar tudo no chão!, oremos! hahaha);
- Ainda mama bastante! Nessas últimas duas semanas mal precisei complementar com o NAN, pois o baby deu um intervalo maior nas mamadas, o peito ficou cheião e foi só alegria com as tetinhas.
- Já faz besouro, caminhão (seja lá como se chama) com a boquinha;
- As vezes consegue se virar sozinho;
- Adora se olhar no espelho;
- Os cabelos estão voltando a crescer (e mais claros!);

Estou bem ansiosa para começar a introdução alimentar.
Não que amamentar seja ruim. Estou bem orgulhosa de ter chegado onde cheguei (apesar de complementar com o NAN). O fato é que chega um momento que a gente cansa, de verdade. A gente chega em casa a noite, o pai pode livremente ir tomar banho, jantar, etc e se o baby estiver com fome, ninguém pode alimentá-lo se não eu. Com isso tenho jantado tarde, tomo banho tarde. Tá, eu sei que isso é uma fase, sei que eu sabia (redundância mode ON) que seria assim, sou mãe, tenho que enfrentar, beleza, e estou fazendo isso. Só que nem tudo são flores, sou humana, fico cansada, e tenho o direito de reclamar. E na verdade verdadeira não estou reclamando tanto, só dizendo que não vejo a hora de dar comidinha pra ele, e diminuir um pouco as mamadas. Meu bico do peito avermelhado e mordido agradece! haha

Sobre o sono...
O baby está dormindo bem melhor! UHU!!!
Semana passada tivemos duas noites de sono direto. Das 22:30 as 6h!
Ele também tem tirado ótimos cochilos na parte da manhã e na parte da tarde, o que me possibilita ter mais tempo para o blog, para a casa, para mim e para meus momentos de ócio tipo deitar no sofá, olhar para o teto e pensar em NADA! Quem nunca?

Beijos em todo mundo que ainda passa por aqui!

Ah... quem tiver receitas de papinhas doces/salgadas e dicas de congelamento, por favor compartilhem comigo! Ando pesquisando bastante coisa e tô com bastante dúvida na questão de congelar. Sei que irei precisar usar desta opção e nas minhas pesquisas vi algumas nutricionistas dizendo que a papinha deve ir pro freezer ainda quente (pra não ocorrer proliferação das bactérias), também li sobre um tal branqueamento (que nada mais é do que um choque término na papinha, numa vasilha com gelo)...
Enfim.. queria saber como cada uma faz com seu baby, oque funciona, etc. :) OBRIGADA!

E pra compensar tanto tempo longe daqui, algumas fotinhas do lindão!

Hum mamãe que delícia de mamão! Deixa eu derrubar o pires no chão?!

Esperando na pediatra, um mocinho comportado!

Indo pra festinha de 1 ano do priminho, sorriso natural do marido! hahaha

Olha gente, eu já sei sentar!

Mal acordo e mamãe já está tirando foto! (Cabelos crescendo!)

Vai um suquinho de laranja mimo aê?!

segunda-feira, 28 de abril de 2014

quarta-feira, 23 de abril de 2014

5

As primeiras férias do Luiz Gustavo


POST superrr atrasado - Luiz Gustavo já está com 5 meses! hahaha
Estava faltando colocar as fotos. Mais uma vez a vida loka de mãe me fez atrasar tanto!
Saudades de postar, de ler os blogs dazamiga...
Beijos em todas! e Lá vai... (tava devendo)


E depois de longos 3 meses de uma nova vida/rotina com o Luiz Gustavo finalmente viajamos de férias! Destino: Goiânia-Goiás. Ficamos 18 dias fora, voltamos cheios de energia para enfrentar a luta do dia-a-dia e com uns kilos a mais (até o LG voltou rechonchudo). Meu maior medo era viajar de avião com ele... Medo do seu ouvidinho doer, dele ficar agoniado e abrir o berreiro, de sentir-se mal... Sei lá... Acho que coisa de mãe! Sei que ao subir no avião eu estava tensa como nunca antes. Mas graças a Deus correu tudo bem! Levamos um travesseiro para apoiá-lo no nosso colo e ele ter mais conforto. Fui equipada com fraldas, remédios, mamadeira, brinquedo, roupas extra, o escambal! Não precisamos de muito, mas sou do tipo que anda prevenida (até dimais). Na hora do avião decolar e pousar colocava ele no peito e ele não sentiu desconforto algum! Uhu! A viagem foi ótima (tirando os atrasos que tivemos primeiro em Recife por culpa da tripulação que não chegou no aeroporto no horário certo, segundo em Brasília porque estavam operado apenas com uma pista EM PLENO FERIADO DE CARNAVAL [palhaçada]).
As aeromoças se encantaram com o pequeno. Meu filho é muito safadenhooo gente, ri com tudo e com todos, uma graça!


Ao chegarmos em Goiânia foi só festa. Disputa pra segurar o menino. Vovó Isabel, tia Nega tio Wesley... vovô Valtamiro esperou calmamente sua vez (como sempre).
A primeira semana foi um pouco estressante. O bebê se adaptando a tudo, e todos se adaptando ao bebê. Meus pais também foram passar a semana de carnaval conosco, então imaginem, que qualquer choro da criança tínhamos opnião de no mínimo, 5 pessoas... É cólica, é fome, é sono, é calor... Na maioria dos casos as avós diziam que era fome e que eu estava matando o menino de fome. AFF Não teve como fugir, fizeram o tal engrossante pra o menino. Cozinharam arrozina na água pura, depois adicionaram o leite NAN e LG bebeu tudo (bebê guloso!). Se dormiu a noite toda? Não! RÁ! No segundo dia fizeram a mesma coisa, e novamente não dormiu a noite toda. No terceiro dia insistiram mais uma vez, e mais uma vez ele não dormiu a noite toda. Na quarta noite deixaram eu dar o peito/NAN na hora que eu [como mãe conhecedora do meu filho] bem entendesse! UFA! LG também começou a tomar cházinho com mais frequência por causa da insistência das avós e taí... funcionou! O chá de mentrasto ajudava a soltar pum, o de camomila acalmava. Qual a lição que tiramos disso? Devemos ouvir sim os mais velhos (mas nem sempre hahaha).

Passeamos bastante com o Luiz Gustavo, que é igual os pais, gosta de estar no meio do mundo. Se comporta muitíssimo bem nos lugares, e no carro dorme que é uma beleza (acho que geral né).

Consegui tirar a foto que tanto queria! As 4 gerações! Bisavó, avó, papai e filhinho! =)



No último final de semana fomos para Caldas Novas, e mais uma vez fico tensa com esse negócio de clima/viagem/piscina. Mas deu tudo certo! Fomo para o clube Náutico (legalzinho mas prefiro o Rio Quente ou A Lagoa) e revesávamos na hora de aproveitar tudo. Ficamos hospedados em um condomínio MARAVILHOSO, o Aldeia do Vale, com piscinas quentes (fervendo) a noite e musiquinha ao vivo. Nosso bangalô tinha Jacuzzi particular (uh lá lá). No domingo aproveitamos bastante as piscinas, área de lazer, sauna (delíciaaaa), e LG curtia tudo a sombra e água fresca. Coloquei sunga pra foto e os pezinho dele na água CA-LA-RO!


A despedida foi muito ruim. Vovó Isabel já estava acostumada com o cheirinho de neném na cama dela, com os sorrisos e chorinhos do LG... Mas é isso aí, fazer oquê né? A viagem deixou um gostinho de quero mais! =)


PRIMOS - Murilo - Gabriele - Luiz Gustavo


quarta-feira, 26 de março de 2014

6

Super mãe - super esposa - super cansada porém super feliz

7am - toca o despertador do celular. Olho pro bercinho ao lado da minha cama e Luiz Gustavo ainda está dormindo. O marido diz que precisa está na cidade vizinha as 9h em ponto. Sério que você só me diz isso hoje? Ok, vamos lá! Corro pra cozinha, faço nossos mistos quentes de cada dia, enquanto assam corro pro quartinho dele pra fazer a malinha para irmos pra casa da vovó (Escritorio da loja, atual trabalho da mamãe). Marido sai do banho, vai tomar café, bebê acorda, vou pegá-lo. Banho? Não dá tempo, fazemos isso na casa da vovó (que sorte a nossa trabalhar na casa da vovó agora né?). Voltando a malinha... Vamos checar: roupinhas pro dia, roupinha bonitinha pra acompanhar mamãe na médica, mamadeiras, chá de camomila (sim Lg está está tomando cházinho e ficando calminho), remédios básicos por preucalção, fralda, pomada, meia, cadê o sapato? Tesourinha, perfume, sabonete líquido da cabeça aos pés, escova de cabelo (que cabelo?), chupeta, pano de boca, manta, absorvente de seio, absorvente normal (ainda não menstruei mas vai que), toalha na casa de vovó já tem uma, sabonete também... Enquanto isso papai toma café da manhã sentando na mesa, já todo cheiroso, lendo calmamente suas mensagens no zapzap. Agora minha malinha: calça jeans, blusa, sutiã, cinta, calcinha, rasteirinha, escova de dente, carteira e só. Papai segura o bebê um pouquinho? Aproveitar que ele ainda não está berrando de fome pra comer tb. Tomo café da manhã em pé pois estou dado um jeitinho na cozinha. Escovamos os dentes, pega carrinho, bebê, vamos embora? Pega a roupa suja pra lavadeira, joga o lixo, desce no elevador. Já no hall papai diz "eita esqueci a chave do carro!", sério?! Imagina se fosse ele fazendo a malinha do bebê (quando faz coloca tudo errado kkkk). Enquanto papai sobe pra pegar as chaves do carro fico fazendo gracinhas pro bebê que está no carrinho todo comportado (oh glória) e pensando que queria ter dormido mais... Aí aparece um casal com sua filhinha vestida com o uniforme do colégio, a menininha toda orgulhosa porque está puxando sua mochila/carrinho sozinha. Os pais com um sorriso enorme no rosto vendo a cena e super orgulhosos também. Até eu fiquei com orgulho dela! E começo a imaginar Luiz Gustavo de uniforme, puxando sua mochila todo orgulhoso indo para a escola. Papai chega e saímos rumo ao nosso dia. Naquela hora dentro do carro mais uma vez pensei em como minha vida mudou, as prioridades e obrigações... a rotina agora é outra. Muita correria, muita dedicação... Super mães, super esposas, super cansadas! Como me sinto com tudo isso? Feliz e realizada em poder fazer parte deste time! Amo muito tudo isso! ❤️

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

4

3 meses de Lg

Tava ansiosa por esta data! Finalmente chegaram os 3 meses do pimpolho! Isso porque todo mundo sempre disse que ao chegar nesse tempo tudo ficaria melhor. E isso é verdade. Lg se mostra mais calmo, mais sorridente, interage mais, dorme mais a noite e tira belas sonecas durante o dia! Enfim... Toda aquela agonia que se tem com um recém nascido em casa, passou! UFA! A mamãe aqui está com mais prática em tudo, o bebê está mais durinho, a gente se sente mais segura e a vida a cada dia está mais linda. Não que seja a pior coisa do mundo ter um RN em casa, mas nós sabemos o quão trabalhoso é.       Tava olhando uma fotos nossas do primeiro mês e caramba como ele era pequeno e frágil! Aí bateu uma saudadezinha aliviada kkkkk 😝 Olha como meu rapazinho está lindo! 
Algumas novidades: Lg já está pegando paninhos com a mão direita, segurando minhas roupas e a própria roupa. É muitoooo risonho e simpático coisa mais fofa desse mundo! Ainda está mamando muito e raramente toma uma mamadeira de NAN. Nestes últimos dias teve um pouco de prisão de ventre (puxou a mamãe aqui coitado), e mesmo eu comendo muito mamão, ameixa, aveia... Tive que por supositório. Meninas não tenham medo de usar, se for necessário usem! Nada pior do que ver seu baby sofrendo querendo fazer cocô e sem conseguir. Não pode ver uma televisão ligada que fica vidrado olhando. Está babando muito muito muito! E vive com a mão na boca, morde tanto que as vezes ouço um track track. Perguntei a pediatra se já eram os dentes e graças a Deus ainda não, ela disse que isso é normal, que o bebê sente essa necessidade de por a mão na boca e coçar a gengiva. Os pés e as mãos andam suando muito também. Se ele quer uma coisa e não consegue essa coisa fica bravo e faz um bico de desgosto muitooooo engraçado! Quando não gosta de uma música também faz o bico e chega a chorar tadinho! Ainda não sabe rolar/se virar, só uma vez que o deixei no berço pra fazer xixi e quando voltei ele estava todo atravessado no berço, giro de 90 graus. Não gosta muito de ficar sozinho então são 24h praticamente colados na mamãe, então dá pra imaginar a cena eu no banheiro fazendo número 2 e a criatura no bebê conforto olhando pra mim e rindo né? Pra fazer o almoço coloco ele no carrinho e ao meu lado, batemos altos papos enquanto o feijão cozinha... Pra tomar banho coloco ele bem no meio da minha cama e do box do banheiro fico olhando ele, parece que advinha quando vou comer algo e quer mamar na mesma hora então seguro de um lado e dou o peito e com a outra mão vou me virando (geralmente almoço assim, nada fácil)... E por aí vai... Tô Postando mais uma vez do celular, porque apesar das coisas estarem mais fáceis os afazeres de casa ainda continuam, o tempo livre quase nunca é livre e eu tô precisando relaxar um pouco. (Semana que bem vamos pra Goiânia de férias uhuuuu!!! Toquinho já vai andar de avião!!) 

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

9

As temidas vacinas...

Não sei se doem mais no bebê ou em nós, mamães.
Dia de vacina eu já acordo tensa!

As primeiras vacinas foram sussa, quase nada de reação, só um abusinho básico pela dorzinha da furada na perninha. Eu estava temendo mesmo eram as vacinas de 2 meses, principalmente a pentavalente que todos dizem dar uma mega reação. Então que eu e Willia conversamos e resolvemos que LG irá tomar todas as vacinas no posto público, exceto a pentavalente, que no posto particular é chamada de Hexavalente.

Resultado? Um bebê risonho em pleno dia de vacina! =) Se valeu a pena? Com toda certeza! Foram R$220,00 reais bem empregados, para o bem estar do meu bebezinho! (Confesso que bateu uma grande pirangagem de pagar hahaha).

No caso da Rotavírus, essa ele tomou no posto. Recebi a orientação de ter bastante cuidado nas trocas de fralda, pois as fezes podem infectar o ambiente. No caso é preciso tirar a fralda e jogá-la num saco plástico, junto com o material de limpeza do bumbum, amarrar o saco e jogar fora de imediato. Lavar as mãos para poder pegar novamente no bebê, e lavar o seu bumbum antes de por outra fralda. Agora imagina fazer tudo isso por um período de 5 dias e sozinha em casa? Montei um esquema de forrar a minha cama com 2 trocadores, papel toalha, etc... Deixava o bebê bem no centro da cama, corria pra lavar as mãos, pegá-lo, lavar o bumbum dele... etc... etc... Dias difíceis!!! O apê ficou (está) uma bagunça!

E vocês? Como foram com as vacinas? Alguém mais pagou pela HEXA?

Faço tudo por este sorriso! 

domingo, 12 de janeiro de 2014

10

Postando do celular ...

Boa tarde!!! Como o tempo aqui está corrido para postar, vou atualizar apenas com algumas fotos (e tô postando do celular pela primeira vez, vamos ver se vai dar certo).
Foto 1: alegria depois de mamar                  Foto 2: mãe desliga a tv quero dormir!     Foto 3: carinha de desgosto ao sair do banho! Hahaha.                                       Bom domingo pra vocês!!!                       Obs: vocês sabiam que é existe o aplicativo do blogger? Ou eu sou a única desinformada aqui?

sábado, 4 de janeiro de 2014

9

como é difícil amamentar!!!

Quando estava grávida lia e pesquisava muito sobre a maternidade, vasculhava a vida das mamães nos blogs a fora, sonhava com o dia que iria chegar a minha vez, e chegou, finalmente! Só que eu esqueci de pesquisar um dos principais assuntos da maternidade (se não o principal), a amamentação!

No começo você pensa que seu filho vai morrer de fome só sugando o colostro, como pode aquele líquidozinho sustentar o meu bebê? Pois é, sustentou!  Com cerca de 3 dias veio a chegada do leite, o tal ingurgitamento, deixando minhas peitxolas enormes, duras como se tivesse uns saquinhos dentro e doloridas, bem doloridas! Aí vem o desespero né? Liguei e acionei as amigas pelo whatsapp, umas diziam para por compressa quente, outras diziam para por compressa fria... Eu escolhi massagear muitooo, com as pontas dos dedos em movimentos circulares. Com uns 2 dias começou a melhorar e meu baby estava todo satisfeito com tanta fartura! Daí surgiu um outro "problema", o excesso de leite. Ele mamava cerca de 15 minutos no máximo, arrotava e dormia muito, tipo 4h +ou- entre uma mamada e outra. Nesse meio tempo o peito estava estourando! Comprei 2 tipos de bombinha para tirar o leite. Gostei da bombinha mais baratinha. A princípio não foi nada fácil tirar o leite... Era bastante dolorido e não saía muita coisa... Depois foi ficando mais fácil. Pensei em guardar o leite, pensei em doar o leite, mas final de ano é tão corrido, a vida de uma mãe de RN é tão louca que infelizmente não deu.
Gastei e continuo gastando horrores com absorventes para seio.
Descobri as conchas, no primeiro dia usei por uma tarde toda! kkk Só depois que li na embalagem qe não podia usar por tanto tempo... Falando nas conchas, coloquei uma concha e a bombinha para esterelizar, esqueci as danada no fogo, derreteu tudo! O marido ficou puto, isso lá é coisa que se faça? Não basta esquecer de por o sal nas comidas tem que sair queimando e derretendo tudo? kkkk

Agora, com 1 mês e 16 dias, posso dizer que está tudo mais calmo (ou não).
O baby calminho e tranquilo que eu tinha, que mamava a cada 4h...3h.... se rebelou! Durante o dia está mamando de hora em hora!!! /o\ Já acorda gritando de fome, e tem dias que dorme bem durante o dia, mas tem dias... ontem mesmo fui passar o dia na casa da minha irmã (mãe de Isadora de 6 meses), e ela ficou chocada com a fome do Luiz Gustavo. Como pode um bebê tão novinho acordar as 8h, tirar um cochilo de meia hora no horário do almoço e só dormir de verdade mesmo as 15:30? Foi preciso minha irmã dar de mamar para o pequeno pois depois de todo um dia de peito/arrota/peito/arrota as tetas estavam murchas...

Quando saí da maternidade a pediatra falou que caso eu precisasse de algum complemento, poderia dar o NAN, Na primeira consulta ela perguntou se estávamos só no peito, respondi com todo orgulho que sim. Já da próxima vez que formos a resposta vai ser um pouco diferente, pois tiveram dois dias que não resisti e dei o NAN. A primeira vez ele mamou pouco, 30 ml, já na segunda mamou 90ml e ficou todo satisfeito. Aí vem aquele peso na consciência de quem sempre criticava as mães que usavam de tal saída, e que agora faz o mesmo. Só foram duas vezes, não quero de forma alguma deixar de amamentar, mas chega uma hora que é complicado você ver seu peito murcho, seu bebê querendo sugar e balançando a cabeça na maior agonia, e gritando de fome... Sinto que ele já se acostumou com o meu peito cheio e tem preguiça de sugar ele murcho, ou sei lá, talvez não esteja dando tempo do peito produzir leite de uma mamada pra outra já que os intervalos estão menores... Aí vem a sogra, as avós, todo mundo dizendo que bebê homem mama muito mesmo e que se você não der um engrossante (como o povo de antigamente fazia) você não vai ter sossego... óh céus!!!

E vocês mamães? como estão se saindo?

ps: desculpem a falta de organização do post...faz dias que procuro um tempinho para postar/desabafar... mas o tempo livre nunca é livre! kkkk hj consegui escrever com uma mão só enquanto, ADIVINHEM, dava de mamar ao bezerrinho!!!!

Ahhh e também queria registrar meus parabéns as mamães blogueiras que conseguem dar conta de casa, filho, marido e manter o blog sempre bem atualizado, eu não consigo! =/


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...